Tiroteio interrompe partida de futebol em Macaé, no RJ; assista ao vídeo

A partida entre o Serra Macaense e o Carapebus estava no 2º tempo, por volta dos 28 minutos e 17 segundos, o goleiro do Carapebus, Guilherme estava sendo atendido, quando teve início o tiroteio fora do estádio, os jogadores procuraram abrigo

69

Um tiroteio interrompeu uma partida de futebol, pela série B1 Sub-20 na tarde deste domingo (31), em Macaé, na Baixada Litorânea do Rio.

A partida entre o Serra Macaense e o Carapebus estava no 2º tempo, por volta dos 28 minutos e 17 segundos, o goleiro do Carapebus, Guilherme estava sendo atendido, quando teve início o tiroteio fora do estádio, os jogadores começaram a procurar abrigo.

A partida válida pela quarta rodada da fase de grupos do Estadual estava sendo disputada no Estádio Moacyrzão, em Macaé. O jogo do Campeonato Carioca de futebol feminino entre Serra Macaense e Duque de Caxias, que aconteceria logo depois foi suspenso por orientação da Polícia Militar.

O RLAGOS conversou com os dois clubes, eles permaneceram no estádio dentro dos vestiários até às 16h30, saíram após a chegada da Polícia Militar.

“Vamos aguardar a decisão da federação, sobre a continuação do jogo vamos aguardar o recesso do feriado. Tá todo mundo bem, já chegamos a Carapebus. Foi mesmo só o susto. O goleiro Guilherme também está bem, ele teve um problema durante o jogo, por isso ele estava sendo atendido. Em quase 20 anos de futebol é a primeira vez que eu vejo algo do tipo,” disse Max Douglas, diretor de futebol do Carapebus.

Segundo o diretor executivo do Serra Macaense, ninguém da equipe ou comissão técnica sofreu qualquer tipo de ferimento.

“Eu estou aqui no clube há 5 anos, temos pessoas do clube que nasceram aqui e nunca tinham presenciado isso, é bem impactante, a gente fica muito triste, a gente fica imaginando as pessoas que vivem dentro desse cenário e o quanto deve ser sofredor, ” disse o diretor executivo do Serra Macaense, Marcelo Soares.

O estádio estava sem público, o município de Macaé ainda não liberou a presença de torcedores nos eventos esportivos.

Segundo a PM, o confronto teve início após os policiais serem atacados por criminosos da Comunidade Nova Holanda.

Ainda de acordo com a PM, não houve registro de prisão, apreensão ou feridos.

Nota na íntegra da PM

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que policiais militares do 32ºBPM (Macaé) foram atacados a tiros por criminosos na região da Comunidade Nova Holanda e houve confronto, neste domingo (31/10). O terreno foi estabilizado e o policiamento segue reforçado na área. Até o momento, não há registro de prisão, apreensão ou ferido”.

Em nota a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro disse que para preservar os jogadores, comissões técnicas e arbitragens, decidiu suspender a partida.

Nota na íntegra da Ferj

“A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro tomou a decisão de, para preservar jogadores, comissões técnicas e arbitragens mediante os tiros fora do estádio, suspender a partida do Campeonato Carioca Sub 20 da Série B1 e não realizar o jogo pelo Campeonato Carioca Feminino”.