VOVÔ DO IML | Funcionário do IML de Cabo Frio é preso por pedofilia

Humberto Rautemberg, conhecido como "Humberto do IML" armazenava vídeos e fotos com cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes. Ele foi capturado na manhã desta quinta-feira (25)

359

CABO FRIO – Um servidor público da Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos, foi preso na manhã desta quinta-feira (25), por suspeita de pedofilia. Humberto Rautemberg, de 54 anos, foi capturado por agentes da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV).

De acordo com a Polícia Civil, o homem armazenava vídeos e fotos contendo cenas de sexo envolvendo menores de idade. O material foi encontrado na casa dele, após um trabalho de monitoramento feito pelos investigadores da Especializada.

Agora, a polícia busca saber se o acusado compartilhava os arquivos de mídia pela internet.

Humberto, conhecido como “Humberto do IML” por trabalhar há muito anos no setor, foi encaminhado para a delegacia e vai responder pelo crime de pedofilia, com pena prevista de um a quatro anos de prisão.