Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Prefeito de Barra do Piraí é expulso do partido após comentário misógino sobre que mulheres tem que ser castradas

Prefeito de Barra do Piraí é expulso do partido após comentário misógino sobre que mulheres tem que ser castradas

Por Rlagos Notícias

18 de setembro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Mario Esteves, prefeito de Barra do Piraí, disse publicamente que as meninas do município deveriam ser 'castradas' — Foto: Reprodução/Redes sociais

O prefeito de Barra do Piraí (RJ), Mário Esteves, enfrenta forte reação pública e política após suas recentes declarações polêmicas sobre o controle de natalidade na cidade. O político foi expulso do partido Solidariedade neste domingo (17), após sugerir “castrar” mulheres como meio de controle populacional. A decisão do partido veio em uma nota que classificou as palavras de Esteves como “misóginas” e de “total desrespeito às mulheres”.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e para receber as notícias do Grande Rio direto no seu celular!

Esteves era inicialmente filiado ao Pros, mas a filiação foi transferida para o Solidariedade após uma fusão partidária em 2022. O incidente que levou à sua expulsão ocorreu na quinta-feira (14), durante a inauguração de uma estrada. Um vídeo contendo as declarações foi publicado nas redes sociais na sexta-feira (15), gerando imediata controvérsia.

Fala Polêmica

Na gravação, o prefeito é ouvido dizendo: “O que não falta em Barra do Piraí é criança. Cadê o Dione [secretário de Saúde]? Tem que começar a castrar essas meninas. Controlar essa população. É muito filho, cara”. Esteves também sugeriu a criação de uma lei municipal que limitaria o número de filhos que uma mulher pode ter a dois.

Respostas Institucionais

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Mulher do Rio de Janeiro também se manifestou, condenando a fala do prefeito. Flávia Ribeiro, presidente do grupo, disse que as palavras de Esteves “refletem misoginia, desrespeito e discriminação de gênero”.

Tentativa de Retratação

Por meio de uma nota divulgada no sábado (16), o prefeito afirmou que o momento foi de “descontração” e alegou que houve um “equívoco na troca do termo técnico – ‘laqueadura’ – por ‘castrar'”. No entanto, isso não foi suficiente para acalmar os ânimos ou para que ele mantivesse sua filiação partidária. A assessoria do prefeito declarou que ele não irá comentar sobre a decisão do partido.

Notas na Íntegra

O partido Solidariedade e a OAB Mulher do Rio emitiram notas oficiais, reiterando seu compromisso com o respeito aos direitos das mulheres e a condenação de qualquer forma de preconceito e discriminação.

Ambos os grupos estão unidos na busca por um ambiente onde todas as mulheres sejam respeitadas e tenham seus direitos preservados. A questão agora é como essa controvérsia afetará o mandato de Esteves e a política local nos próximos meses.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook , Instagram , Twitter
e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

18 de setembro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!