Search
Close this search box.
Fernanda, participante do ‘BBB 24’, compartilha desafios após dar à luz

BBB 24

Fernanda, participante do ‘BBB 24’, compartilha desafios após dar à luz

'Não estava preparada para a maternidade' A padeira esclarece comentários sobre filhos no reality show

Por Mari Carvalho

16 de abril de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Fernanda bande, do BBB 24, com filhos — Foto: Márcio Farias; Reprodução/ Instagram

RIO – Uma das figuras marcantes do “Big Brother Brasil 24”, Fernanda também ganhou destaque pelas experiências como mãe de Marcelo, de 11 anos, e Laura, de 6. No confinamento, a padeira abordou as dificuldades e alegrias da maternidade sem romantizar o papel. Ela teve seu primeiro filho aos 21 anos, em um momento que a forçou a mudar sua vida devido à chegada do bebê. — Eu não estava preparada para ser mãe. Tudo foi desafiador, desde o início quando me vi sozinha com um bebê recém-nascido sem saber o que fazer, o receio de errar… isso gera uma insegurança intensa. Você precisa de apoio, de suporte. Se não ouve as palavras certas, você se sente cada vez pior com o julgamento dos outros. Fernanda está agora em um processo de aprendizado. Hoje tenho pessoas ao meu lado que se preocupam comigo, que querem me ajudar — afirmou. Atualmente, aos 32 anos, Fernanda está passando por uma fase de transformação e descoberta do significado da maternidade.

— Estou buscando melhorar em todos os aspectos. Me sinto esperançosa e decidida, com desejo de corrigir meus erros, inclusive compreender melhor a situação do Marcelo. Se tenho alguma angústia, não preciso conviver com ela. Preciso enfrentá-la — compartilha. Durante o “BBB 24”, Fernanda mencionou que, por vezes, sentia vontade de jogar os filhos pela janela. Muitas pessoas a criticaram por essa declaração, mas muitas mulheres a apoiaram, chamando a atenção para a realidade da maternidade. — Essa fala foi uma expressão clara de exaustão.

Acredito que muitas mães já passaram pela mesma dor. Essa expressão é extremamente figurativa, demonstra o ápice do cansaço, do estresse. Nunca se trata de colocar os filhos em perigo, e sim, de dizer “nossa, não aguento mais essa situação”. Engraçado como ninguém comenta as partes boas, não é? Logo após essa frase, eu disse “você vê o sorriso de uma criança e muda tudo, depois recebe uma cartinha do seu filho com um desenho e acha que é a coisa mais linda do mundo”. Na vida, sempre haverá momentos de amor e também de dor — destaca.
Compartilhar no WhatsApp

Por Mari Carvalho

16 de abril de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!