BOLA FORA | Atacante do Fluminense que seguia para Cabo Frio é preso com maconha no veículo

A operação ocorreu em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio; O Toyota Corolla branco do atacante John Kennedy estava sendo conduzido por jovens sem habilitação

160

A Polícia Militar apreendeu, na manhã deste domingo (8), dois tabletes de maconha dentro do carro do jogador John Kennedy, do Fluminense. Brenno Faria Alon e Wallace Luiz Veiga de Aquino foram presos na ação realizada pela Operação Itaboraí Presente. O atacante não estava no veículo no momento da abordagem, mas foi chamado para comparecer na 71ª DP e corre risco de ser preso, caso seja condenado, o mesmo relatou que havia dado uma parada e que seguia para Região dos Lagos onde iria passar o final de semana.

Brenno e Wallace foram autuados no artigo 28 da Lei de Drogas – adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização. Os jovens de 19 e 22 não tinham habilitação. 

A legislação prevê advertência sobre o efeito das drogas, prestação de serviços à comunidade ou medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo.

O atacante John Kennedy foi autuado no artigo 310 do Código de Trânsito Brasileiro – permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada, com habilitação cassada ou com o direito de dirigir suspenso. A pena é a detenção de seis meses a um ano, ou multa.