Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
EXCLUSIVO: Operação Conjunta entre Polícia Civil de Cabo Frio e Polícia de Mato Grosso prende suspeita de fraudes via PIX

EXCLUSIVO: Operação Conjunta entre Polícia Civil de Cabo Frio e Polícia de Mato Grosso prende suspeita de fraudes via PIX

Por Rlagos Notícias

19 de setembro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Mayara Sanção da Silva foi presa em seu local de trabalho em Cuiabá; ela é acusada de ser parte de uma organização criminosa especializada em golpes de PIX que vitimava pessoas em diversos estados.

CABO FRIO – Uma operação conjunta entre a 126ª Delegacia Policial (DP) de Cabo Frio e a Gerência de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil de Mato Grosso (PCMT) resultou na prisão de Mayara Sanção da Silva. A detenção ocorreu em Cuiabá-MT, na tarde de hoje, 19 de setembro de 2023, por volta das 16h30.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e para receber as notícias do Grande Rio direto no seu celular!

Segundo informações do Boletim de Ocorrência MT nº: 2023.266379 e do inquérito 126-09405/2022 da 126ª DP, Mayara é investigada por ser parte de uma organização criminosa especializada em aplicar golpes via PIX. O grupo atuava sobretudo no Estado do Rio de Janeiro, mas também vitimava pessoas em outros estados da Federação. Utilizando de métodos como se passar por parentes das vítimas, a organização solicitava transferências de recursos alegando situações de emergência.

O mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Cabo Frio foi executado enquanto Mayara estava em seu local de trabalho, localizado no bairro Tijucal. A acusada não apresentou qualquer tipo de reação ao ser informada sobre o mandado e foi conduzida à presença da autoridade policial para as providências administrativas de praxe.

A operação foi coordenada pelo Dr. Carlos Eduardo Pereira Almeida, Autoridade Policial Titular da 126ª DP de Cabo Frio, e contou com o apoio de agentes de Mato Grosso.

Veja também

As buscas para localizar outros coautores que estão foragidos continuam. Além do inquérito que resultou na prisão de Mayara, existem outros processos em andamento relacionados a crimes cometidos pela mesma quadrilha. Entre eles, os inquéritos 104-00443/2022 de 22/08/2022, 081-04141/2022 de 05/12/2022, 077-04638/2021 de 15/12/2021 e 077-04919/2021 de 30/12/2021.

A operação marca mais um passo na estratégia das autoridades para desarticular grupos criminosos especializados em fraudes financeiras, com o lema “Inteligência, Investigação e Ação”, refletindo a colaboração entre diferentes jurisdições policiais na luta contra o crime organizado.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook , Instagram , Twitter
e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

19 de setembro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!