Motociclista tenta tirar a arma da cintura da PM, entra em luta corporal e leva um tiro no Jardim Caiçara em Cabo Frio; um dos PMs teve o dedo quebrado durado a ação.

1225

CABO FRIO – Policiais do 25ª BPM de Cabo Frio quando em patrulhamento pela Rua Inglaterra na noite de sábado (22), teve a atenção volta para dois elementos em uma moto no Jardim Caiçara, na Região dos Lagos do Rio.

De acordo com a PM, ao avistarem a presença dos policiais se assustaram e se evadiram do local, só que mais a frente os policiais conseguiram avistar a moto que estava os ocupantes, sendo realizada uma busca no local, onde a guarnição logrou êxito em localizar e abordar os dois ocupantes da mesma.

Durante a abordagem, foi arrecadado com um deles uma bucha de maconha e como estavam sem quaisquer documentações para identificação e ambos confessaram ter passagem pela polícia, foi informado que ambos seriam conduzidos a delegacia para realização de (sarc).

Ainda de acordo com a PM, momento esse que Erick, tentou se desvencilhar da guarnição entrando em vias de fato com o CB Alexsander e tentou pegar sua arma, colocando em risco a vida da guarnição. Nesse momento, o 2°SGT Osório diante de tal fato, efetuou um disparo na perna de Erick, afim de evitar um mal maior e sessar a Injusta agressão. O corpo de Bombeiros, foi acionado para socorrer Erick, onde foi feito pelo sr. MAJ CALIL.

Diante dos fatos, Tassiano, foi conduzido para a 126° DP, onde foi apresentado todo o fato a autoridade policial onde foi ouvido liberado e responderá por posse e uso de entorpecente. Já Erick ficou hospitalizado e será liberado, o mesmo vai responder por resistência e lesão corporal, haja visto o CB ALEXSANDER, ter tido seu dedo quebrado no Momento da agressão, sendo atendido conforme o BAM n° U712201220011.

Cabe ressaltar que o 2° SGT PM Osório efetuou o disparo com sua pistola calibre.40 acautelada para o serviço. Foi apresentado 02 aparelhos telefônicos na delegacia sendo um deles totalmente quebrado por Tassiano no momento da abordagem, ambos foram entregues para os familiares por determinação do sr. Del. Pol.

Foi também constatado que ambos têm passagens pela polícia. Sendo assim o fato foi registrado conforme o R.O. n° 126-00644/2022.