Morte de bebê de 11 meses, em decorrência da Covid-19, reforça necessidade de vacinar as crianças

"Por meio de subsecretaria, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu a notificação da morte do bebê do sexo feminino".

71

CAMPOS DOS GOYTACAZES – A morte de um bebê de 11 meses de vida, em decorrência de complicações da Covid-19, domingo (10), no Hospital Ferreira Machado (HFM), em Campos dos Goytacazes (RJ), reforça a necessidade das crianças de cinco a 11 anos serem vacinadas contra a doença; o alerta é do médico infectologista Rodrigo Carneiro, subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde.

Por meio da subsecretaria, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu a notificação da morte do bebê do sexo feminino; de acordo com o boletim, a criança apresentou os primeiros sintomas no dia 23 de junho (febre, tosse, dispneia, desconforto respiratório e queda de saturação); porém, “ela foi levada ao Hospital Plantadores de Cana no dia 27 de junho, onde ficou internada e submetida ao teste de antígeno, que deu negativo”.

Segundo ainda a informação, no mesmo dia, o bebê foi transferido para o Ferreira; “internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do hospital, precisou de ventilação mecânica, sendo feita radiografia de tórax e diagnosticado pneumonia”.