Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
7 pessoas são presas e mais de 66 veículos são apreendidos, pela PRF durante operação da Semana Santa, na Região Norte Fluminense

7 pessoas são presas e mais de 66 veículos são apreendidos, pela PRF durante operação da Semana Santa, na Região Norte Fluminense

Por Rlagos Notícias

18 de abril de 2022

Compartilhar no WhatsApp

Durante os feriados, historicamente há um aumento relevante do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias federais, fatores que contribuem para o aumento da violência no trânsito, podendo provocar elevação na quantidade de acidentes graves, feridos e mortos. Considerando a publicação da Lei nº 13.614/2018, que criou o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito Brasileiro (PNATRANS), e que estabelece um conjunto de mecanismos e ações com vistas a garantir a segurança viária, dentre estas a potencialização da fiscalização de trânsito, é um dos instrumentos a serem utilizados.

Esta iniciativa alinha-se à promoção da Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2021-2030, proposta pela Organização das Nações Unidas, na qual os países signatários, dentre eles o Brasil, se comprometeram a reduzir a violência no trânsito. Assim, a Polícia Rodoviária Federal, em conformidade Projeto Nacional de Redução de Mortes (PNRM), vem trabalhando na execução dos seguintes objetivos:

I – Promover a redução da violência no trânsito nas rodovias federais;
II – Fomentar o aumento na percepção de segurança dos usuários das rodovias federais;
III – Articular parcerias e intensificar a cooperação nacional e internacional;
IV – Aprimorar as atividades de gestão operacional;
V – Apurar as ações de policiamento e fiscalização direcionados; e
VI – Estabelecer governança estratégica, de forma contínua, sobre as integrações de dados existentes no âmbito da PRF.

A Operação Semana Santa 2022, Objetivou reduzir a violência no trânsito e os custos sociais dela decorrentes, por meio do
desenvolvimento de ações nos trechos mais críticos de acidentalidade, realizando atividades de prevenção de acidentes e fiscalização de trânsito, priorizando as atividades integradas, conjuntas e coordenadas com diversos entes governamentais e da sociedade civil relacionados com a segurança no trânsito, além do enfrentamento à criminalidade através de presença ostensiva e combate às atividades ilícitas na circunscrição das rodovias federais.

O período das comemorações da Semana Santa iniciou-se no dia 10 de abril, no Domingo de Ramos, e transcorreu até o dia 17 de abril, no Domingo de Páscoa.

O final de semana prolongado pelo feriado na sexta-feira, dia 15, elevou o fluxo de veículos nas rodovias federais, e trouxe consigo aumento do risco de acidentes.

Assim, a Polícia Rodoviária Federal promoveu, nesse período, monitoramento dos indicadores de esforços, criminalidade e  acidentalidade, bem como o direcionamento de efetivo no policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior  incidência de acidentes graves e de criminalidade, de acordo com as estatísticas e análise da gestão local, para garantir aos  usuários das rodovias do Norte Fluminense, segurança, conforto e fluidez do trânsito, principalmente no período correspondente  entre a quinta-feira santa e o domingo de Páscoa. Entretanto, cabe salientar que:

Os dados estatísticos apurados, correspondem ao período em epígrafe (de 14 a 17 de abril).

Saliente-se que os dados integrantes deste relatório se referem às atividades inerentes à Delegacia da Polícia.

Rodoviária Federal em Campos dos Goytacazes-RJ, no âmbito das Rodovias Federais (BR-356 e BR 101), que circundam o Norte Fluminense.

Houve um aumento quantitativo de veículos e pessoas fiscalizadas nas rodovias federais, que cruzam o Norte Fluminense, motivado pelo aumento do fluxo de veículos em circulação, haja vista a flexibilização das normas de restrições inerentes à COVID-19.

O reforço do efetivo policial, durante o período correspondente à Operação, impactou na mitigação dos acidentes com graves consequências, ainda que tenha havido uma ocorrência com morte, e que o fluxo de veículos em trânsito pela rodovia tenha aumentado. De maneira análoga, a presença policial em locais e horários estratégicos coibiu as atividades de natureza criminosa, principalmente aquelas voltadas ao roubo/furto de cargas.

Não obstante a atuação contundente da PRF, no sentido de reduzir os acidentes e no enfrentamento à criminalidade, percebeu-se um elevado número de atuações de trânsito e recolhimento de veículos irregulares, motivados principalmente por:

➢ não utilização do cinto de segurança;

➢ ultrapassagens indevidas;

➢ falta de licenciamento do veículo

➢ falta de habilitação (principalmente em motocicletas);

➢ não utilização do capacete pelo condutor e/ou passageiro.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

18 de abril de 2022

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!