Search
Close this search box.
Lutador agride ex-mulher, mesmo com duas medidas protetivas em vigor

caso de polícia

Lutador agride ex-mulher, mesmo com duas medidas protetivas em vigor

Wilson agrediu a ex-mulher em um centro espírita que ela frequentava

Por Rlagos Notícias

13 de maio de 2024

Compartilhar no WhatsApp
O lutador procurava a vítima na porta de casa, descumprindo a medida protetiva Rede Social

Uma mulher foi agredida pelo ex-marido, Wilson Magalhães Teixeira Filho, em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na última quarta-feira (8), mesmo com duas medidas protetivas em vigor. Wilson, professor e lutador de jiu-jitsu, está sendo investigado pela Polícia Civil.

Segundo informações obtidas pelo DIA, a última medida protetiva foi emitida em 23 de abril deste ano. Nessa decisão, Wilson foi proibido de manter contato e deveria permanecer a 500 metros de distância da vítima, Eluan Cristine da Silva, e de seus familiares, por no mínimo 90 dias. Além disso, um mandado de busca e apreensão de uma arma de fogo na casa do agressor foi determinado pelo juiz Tiago Holanda Mascarenhas.

Apesar das medidas impostas pela Justiça, Wilson agrediu a ex-mulher em um centro espírita que ela frequentava. Relatos indicam que o agressor já havia ameaçado a vítima por mensagem anteriormente, e imagens mostram que ele costumava se aproximar da residência dela, desrespeitando as medidas protetivas.

Durante uma conversa, Eluan recusou o convite para dormir com o agressor, que a ameaçou: “Não perguntei se queria. Era pra ter vindo pra cá. Venha dormir aqui e evite que eu faça uma merd* nesse quintal. Estou pedindo de boa pra vir dormir comigo e você quer me afrontar”.

Como resultado da agressão, Eluan ficou com diversas marcas pelo corpo, principalmente no rosto, com os olhos avermelhados e o supercílio inchado devido aos socos.

Após a denúncia, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Campo Grande iniciou um novo inquérito para investigar o descumprimento das medidas protetivas e a lesão corporal. A vítima foi ouvida e encaminhada para exame de corpo de delito, enquanto as investigações continuam em andamento.

Até o momento, não houve contato com a defesa de Wilson. O espaço permanece aberto para manifestações.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

13 de maio de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!