Médico que atendia em Cabo Frio e um estudante são encontrados mortos em Nova Iguaçu

42

Dois corpos foram encontrados em uma região de sítio na Estrada do Comércio, em Tinguá, Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense na última terça-feira, 10. Segundo a polícia militar, as vítimas foram atingidas por disparos de arma de fogo. A área foi isolada e a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada.

De acordo com a polícia civil, os corpos são do médico Jaeder de Oliveira Reis, de 36 anos, e do amigo e estudante de medicina, identificado como Carlos Henrique Martins Cipriano, de 28. A polícia diz que está em busca de testemunhas e de imagens que possam ajudar na investigação, e que aguarda resultado de laudo pericial. Nenhuma linha de investigação está descartada.

Jaeder Oliveira dos Reis era de Sergipe e chegou a trabalhar como clínico na UPA de Austin, ele também atendia na Região dos Lagos. na cidade de Cabo Frio e Saquarema em contrato temporária entre março de 2018 e maio de 2021, segundo a prefeitura da cidade. Jaeder também trabalhou no CRAIS de Saracuruna de junho de 2020 a setembro de 2021, de acordo com a prefeitura de Duque de Caxias.

“Doutor Jaeder” é lembrado com carinho por pacientes e colegas nas redes sociais

Nas redes sociais, amigos, familiares e pacientes descreveram Jaeder como um ótimo profissional e uma pessoa querida. “Muito triste, um ótimo profissional”, “um dos caras mais fantásticos que já pude conhecer”, “sempre atendeu os pacientes com muito amor e carinho”, “guardaremos nos nossos corações cada momento de sorriso que o senhor nos proporcionou” escreveram em comentários de publicações no Facebook sobre a morte do médico.