Criança liga para a PM, diz que está com fome, e família recebe doações em BH

Último almoço da família de Miguel, de 11 anos, já contava com arroz, feijão e linguiça

40

O pequeno Miguel, menino de 11 anos, morador do bairro São Cosme, em SAnta Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ganhou as principais manchetes do país após ligar para a Polícia Militar e dizer que sentia fome.

A repercussão foi tão grande, que o armário da casa de Miguel já está cheia novamente. A ajuda começou com a solidariedade dos militares, nesta quarta-feira (03).

Família de Miguel após recebe doações de alimentos
Família de Miguel após recebe doações de alimentos (Foto: Reprodução)

O último almoço da família contou com arroz, feijão e linguiça. Antes, eles estavam se alimentando apenas com uma mistura de fubá. Além dos alimentos, os irmãos de Miguel também ganharam brinquedos.

Célia Barros, mãe de Miguel, afirmou que está há cinco anos desempregada e que a renda da família, formada por ela e mais seis filhos, é o Auxílio Brasil. Ela chegou a trabalhar como segurança e bombeiro civil, mas com a pandemia, a oferta de empregos diminuiu.