Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Alerj vota nesta terça-feira 43 vetos totais ou parciais do governador Cláudio Castro

Alerj vota nesta terça-feira 43 vetos totais ou parciais do governador Cláudio Castro

Por Rlagos Notícias

21 de novembro de 2022

Compartilhar no WhatsApp
Governador Cláudio Castro a projetos de lei Foto: Leo Martins

O dia promete ser agitado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta terça-feira, quando serão votados 43 vetos totais ou parciais do governo do estado a projetos de leis aprovados na Casa. A votação dos textos será nominal e, com 36 votos favoráveis, o veto do governador Cláudio Castro é derrubado e o projeto vai à promulgado e se transforma em lei. Se o veto for parcial, a lei já existente será atualizada.

A votação dos textos está prevista na Ordem do Dia, que contará com a análise de outros projetos. A votação começa a partir das 15h, com transmissão ao vivo pela TV Alerj e pelo Youtube da Assembleia.

Entre os vetos que serão analisados pelos parlamentares estão:

Ao Projeto de Lei 3.186/20, que permite que servidores do Previ-Banerj voltem para o sistema de previdência do estado. Para ter direito ao retorno, o servidor deve ter dez anos de contribuição efetiva no momento da liquidação e precisa depositar o valor integral recebido, com atualização pelo índice oficial de correção. O PL é de autoria dos deputados Luiz Paulo (PSD), André Ceciliano (PT), Waldeck Carneiro (PSB) e Lucinha (PSD).

Também será votado o veto ao PL 4.925/21, que determina que a nomeação do Conselho de Disciplina e da Comissão de Revisão Disciplinar da Polícia Militar do Estado do Rio (PMERJ) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio (CBMERJ) seja de competência dos comandantes gerais das instituições. A medida é de autoria dos deputados Alexandre Knoploch (PSC), Anderson Moraes (PL), Marcelo Dino (União), Marcus Vinícius (PTB), Waldeck Carneiro (PSB) e Alana Passos (PTB).

O veto parcial ao PL 5.173/21, de autoria do deputado Rodrigo Amorim (PTB), que se transformou na Lei 9.848/22 também entrará em discussão. A medida criou o Programa “Sou Jovem, Sou Empreendedor” no Estado do Rio. O objetivo é prestar assistência técnica e garantir linhas de créditos a jovens matriculados nas escolas da rede pública, estudantes bolsistas de cursos técnicos e superiores e as pessoas entre 16 a 29 anos, que tenham empresa aberta ou que busquem abrir sua primeira empresa.

O artigo vetado autorizava a Junta Comercial do Estado do Rio a conceder a dispensa do pagamento dos preços dos serviços atinentes aos atos de constituição de empresa e de sociedades empresárias para os beneficiários do programa.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

21 de novembro de 2022

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!