Horas antes do assalto no Village Mall, shopping de luxo da Barra da Tijuca, criminosos se reuniram e tomaram café em uma cafeteria ao lado da joalheria

Com o tiroteio, todas as lojas do Village Mall fecharam as portas, abrigando os frequentadores do shopping. No fim da noite, após todos terem sido liberados, profissionais do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) realizaram uma perícia na Sara Joias e nos corredores próximos

101

Rio – Um cenário de pânico tomou conta do Shopping VillageMall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, neste sábado (25), após assalto a joalheria do estabelecimento. Houve correria, clientes trancados dentro de lojas, pessoas apavoradas deitadas no chão do shopping de luxo. Há relatos de até 50 tiros dentro e fora do shopping. Pelo menos 12 criminosos armados participaram do roubo. Um casal com filho e uma funcionária foram usados como reféns. Um segurança do estabelecimento foi baleado e morreu. 

Veja também: Policia Civil diz que 12 criminosos, participaram do assalto ao Village Mall, shopping de luxo na Barra da Tijuca; Assalto foi planejado diz policia.

Apresentadora do SBT e da Rádio Tupi , Isabele Benito, estava no local e relatou por rede social os momentos de tensão que viveu:

“Foi um susto grande. Passa muita coisa na cabeça. Eu só pensava, graças a Deus estou sozinha.
Ficar num local confinado com tiroteio é muito surreal. A vida tem que seguir, mas lamento profundamente a vida do segurança. Morreu no exercício do seu trabalho na mão dos covardes”.

Segundo relatos de funcionários, os assaltantes usavam pistolas e armas de cano longo. “Eram traficantes fortemente armados, muitos tiros, muitas cápsulas”, diz um homem que postou vídeo da joalheria assaltada em rede social. A loja ficou destruída com vidros quebrados pelo chão. Já uma funcionária do shopping também desabafou: “Eu trabalho lá e achei que, pelo menos lá, estaria segura”.Também pelas redes sociais, muitas pessoas mostraram indignação com a ousadia dos bandidos. Uma mulher contou que costuma levar uma criança ao local toda semana e deixa o menino “solto” andando na frente dela. “Esse tiroteio no VillageMall me abalou muito. O shopping não é grande, sério desesperador”, escreveu outra internauta nos comentários de uma foto onde aparece o segurança do shopping deitado no chão.

Veja mais: VÍDEO! Criminosos dispararam mais de 50 tiros, dentro do Village Mall, shopping de luxo na Barra da Tijuca durante assalto

Na mesma publicação, outro internauta também se mostrou surpreso: “Doze bandidos entraram no VillageMall para assaltar joalheria, doze. Vocês têm noção disso? O VillageMall é o shopping de mais alto padrão do Rio de Janeiro. Lugar que absolutamente ninguém esperaria um tiroteio. Que tristeza”.

“Um grande assalto aqui no Shopping VillageMall neste exato momento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde um dos seguranças veio a óbito no tiroteio. Muito triste a criminalidade dominando o Rio de Janeiro”, comentou outro internauta. 

Cena de filme

Por meio de uma página oficial que fala de favelas, o perfil diz que foram mais de 50 tiros. “Assaltantes profissionais são altamente treinados A ousadia da quadrilha de entrar no shopping mais caro do Rio, o VillageMall, na Barra da Tijuca, horário de maior movimento da semana”. Nesta publicação, um internauta relata detalhes do ocorrido:

“Eu estava no shopping na hora, pelo que os caras que fizeram não eram quaisquer pessoas, sabiam o que estavam fazendo, coisa de especialista. Já chegaram anunciando o assalto e dando tiros no vidro e para o alto causando pânico e correria, os caras foram rápidos e eficientes. Coisa de filme”.

Ricardo, um turista holandês, contou à TV Globo, como foi passar por essas cenas de terror. Ele disse que nunca tinha visto nada parecido na Europa: “Esse foi meu primeiro dia no Brasil. Fiquei muito assustado”.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), as investigações estão em andamento para identificar e localizar os envolvidos no crime. Por nota, o estabelecimento comercial divulgou novo posicionamento neste domingo (26):“O VillageMall lamenta profundamente a perda da vida de um colaborador na noite de sábado (25) resultado de um assalto a uma de nossas lojas. Estamos colaborando com as autoridades e confiando que a polícia resolva esse triste acontecimento”.

Neste domingo (26), o VillageMall abriu ao público normalmente. Um carro da Polícia Militar estava estacionado em frente ao estabelecimento assim como um veículo da segurança privada.

Segurança morre

O segurança Jorge Luiz Antunes, de 49 anos, que morreu depois do assalto à joalheria, deixou de ir ao aniversário do neto de seis anos para trabalhar neste sábado (25). Desempregado há cinco anos, atuava como freelancer no shopping há cerca de um ano e meio. Pelo plantão, Antunes receberia R$ 180.