Search
Close this search box.
Contribuintes podem beneficiar projetos sociais através do imposto de renda

Contribua agora: Beneficie projetos sociais através do imposto de renda

Contribuintes podem beneficiar projetos sociais através do imposto de renda

A declaração do Imposto de Renda oferece duas formas de beneficiar projetos sociais: direto na declaração deste ano ou por desconto na base de cálculo no ano seguinte. Doações podem ser feitas a fundos de apoio à Criança e do Adolescente, apoio ao Idoso, Incentivo à Cultura, entre outros. Esta é uma oportunidade para contribuintes ajudarem vítimas da tragédia ambiental no Rio Grande do Sul.

Por Rlagos Notícias

14 de maio de 2024

Compartilhar no WhatsApp
foto: reprodução

A declaração do Imposto de Renda oferece duas formas para que os contribuintes possam beneficiar projetos sociais: diretamente na declaração deste ano ou por meio de desconto na base de cálculo no acerto de contas com a Receita Federal no ano seguinte.

As doações dedutíveis podem ser destinadas a fundos de apoio à Criança e do Adolescente, apoio ao Idoso, Incentivo à Cultura, Incentivo à atividade audiovisual e Incentivo ao Desporto durante todo o ano-calendário. Durante a declaração, apenas doações para os fundos de crianças e idosos são aceitas.

Diante da maior tragédia ambiental da história do Rio Grande do Sul, que já enfrenta temporais e alagamentos em todo o estado há semanas, essa é uma oportunidade para usar a declaração e destinar recursos para as vítimas.

Na doação feita diretamente na declaração, o contribuinte pode destinar até 6% do valor do Imposto Devido para doações aos fundos que auxiliem crianças e adolescentes ou idosos, sendo até 3% para cada. O Imposto Devido é calculado quando o contribuinte informa todas as suas fontes de renda do ano anterior à Receita Federal.

Também é possível fazer a doação neste ano para ganhar desconto no cálculo do Imposto de Renda no ano seguinte. Para isso, o contribuinte deve procurar algum Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente ou o Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa, doar o valor desejado para o fundo administrado pelo Conselho escolhido, pegar o comprovante da doação e guardá-lo até o próximo ano, quando poderá declarar o valor doado na guia “Doações Efetuadas” na declaração anual do Imposto de Renda.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

14 de maio de 2024

Notícias relacionadas

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!