Search
Close this search box.
Brasil é escolhido para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027

Copa do Mundo feminina de 2027 será sediada no Brasil

Brasil é escolhido para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027

O Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027 durante o 74º Congresso da FIFA, realizado em Bangcoc, na Tailândia. Esta foi a primeira vez que a decisão foi tomada pelo Congresso da FIFA, composto por 211 federações de futebol. O Brasil superou a candidatura conjunta da Alemanha, Bélgica e Holanda, com 119 votos a favor. O projeto brasileiro inclui 10 sedes em diferentes cidades do país, com destaque para o Maracanã, que sediará a abertura e a final do torneio. Essa será a primeira vez que a Copa do Mundo Feminina será realizada na América do Sul, e a candidatura brasileira destaca o legado positivo para o desenvolvimento do futebol feminino na região.

Por Rlagos Notícias

17 de maio de 2024

Compartilhar no WhatsApp
foto: IstoÉ

Durante o 74º Congresso da FIFA, realizado na madrugada desta sexta-feira (17) em Bangcoc, na Tailândia, o Brasil foi oficialmente selecionado como país-sede da Copa do Mundo Feminina de 2027. Essa é a primeira vez que a escolha da sede do torneio feminino é feita pelo Congresso da FIFA, composto por 211 federações de futebol.

Na concorrência, o Brasil superou a candidatura conjunta da Alemanha, Bélgica e Holanda. Com os países concorrentes impossibilitados de votar, 207 eleitores participaram, resultando em 119 votos a favor do Brasil contra 78 votos para os países europeus, além de 10 abstenções.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, liderou a delegação brasileira na Tailândia e expressou sua confiança desde a oficialização da candidatura em dezembro de 2023. O projeto brasileiro inclui 10 sedes em diferentes cidades do país, com destaque para o Maracanã, que sediará a abertura e a final do torneio.

A escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027 marca a primeira vez que o torneio será realizado na América do Sul. A candidatura brasileira enfatizou não apenas a infraestrutura dos estádios, mas também o impacto positivo que o evento terá no desenvolvimento do futebol feminino no país e na região.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

17 de maio de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!