Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Suspeito de matar subtenente da PM em Itaboraí

Suspeito de matar subtenente da PM em Itaboraí

Por Rlagos Noticias

26 de outubro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Ronaldo Alves da Conceição era lotado do 35ºBPM (Itaboraí) Divulgação

No último dia 23, a Polícia Militar do Rio de Janeiro realizou um feito significativo na busca por justiça e segurança pública. Um suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi preso sob acusação de assassinar o subtenente Ronaldo Alves da Conceição, de 50 anos. A prisão ocorreu em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, após a polícia receber uma denúncia anônima indicando o paradeiro do suspeito.

O suspeito foi encontrado no bairro Santo Antônio, e a operação, conduzida por agentes do 35º BPM (Itaboraí), resultou na apreensão de um arsenal significativo. Entre os itens confiscados estavam uma pistola Glock calibre 9mm, um carregador com 50 munições, um kit Roni, um rádio transmissor e uma grande quantidade de material entorpecente. O caso foi imediatamente encaminhado para investigação na 73ª DP (Neves).

A vítima, Ronaldo, havia sido assassinada com um disparo na cabeça na semana anterior, em um trágico incidente na Rua Monsieur Dias Guedes, em Aldeia da Prata, também em Itaboraí. Após o crime, a Delegacia de Homicídios foi acionada e uma investigação foi iniciada para descobrir os motivos e os responsáveis pelo homicídio. Curiosamente, itens pessoais da vítima, como um cordão de ouro, seu celular e carregador de munições, não foram levados pelo criminoso, que, no entanto, fugiu com a arma do subtenente.

A prisão do suspeito é um avanço crucial nas investigações, lançando luz sobre um crime que chocou a comunidade local. No entanto, muitas perguntas permanecem sem resposta, principalmente sobre a motivação do crime. A apreensão de um vasto arsenal com o suspeito também levanta preocupações sobre a prevalência de armas ilegais e tráfico de drogas na região.

A comunidade de Itaboraí e os colegas de Ronaldo na Polícia Militar aguardam agora que a justiça seja feita e que a investigação revele mais detalhes sobre o que levou a este ato trágico e violento. Enquanto isso, a operação ressalta a importância da colaboração da comunidade com as autoridades, uma vez que a denúncia anônima foi crucial para localizar e prender o suspeito. Este caso é um lembrete sombrio dos riscos enfrentados diariamente por aqueles que servem na linha de frente para proteger a sociedade.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

26 de outubro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!