Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
“Casa de Papel” Traficantes de drogas são alvo de operação no Noroeste Fluminense

“Casa de Papel” Traficantes de drogas são alvo de operação no Noroeste Fluminense

Por Rlagos Notícias

9 de março de 2023

Compartilhar no WhatsApp
A operação do MPRJ é realizada com o apoio da 135ª DP (Itaocara) e do 36º Batalhão da Polícia Militar Divulgação / MPRJ

Rio – O Ministério Público do Rio (MPRJ), a Polícia Civil e a Polícia Militar deflagraram uma grande ação contra traficantes de drogas, nesta quarta-feira (8), em Itaocara, no Noroeste Fluminense. A operação “Casa de Papel” visava cumprir 12 mandados de prisão temporária e 23 de busca e apreensão. Além de alvos em dois presídios, os mandados expedidos pela Justiça foram cumpridos em diversas cidades do estado. Ao todo, oito pessoas foram presas.

Durante a ação, os agentes apreenderam 16 celulares, sendo que um deles estava sendo utilizado de dentro de um presídio. Munições, drogas e balanças de precisão também foram confiscadas e apresentadas na 136ª DP (Santo Antônio de Pádua).

A operação do MPRJ, realizada com o apoio da 135ª DP (Itaocara) e do 36º BPM (Santo Antônio de Pádua), foi batizada com o nome “Casa de Papel” pelo fato de um dos principais integrantes do bando ser conhecido como “Professor”

As investigações do MPRJ tiveram início em julho de 2022, com a identificação de traficantes de drogas da região por meio de escutas telefônicas autorizadas pelo Judiciário. “Durante as investigações, foram identificados três grupos distintos. Importante ressaltar que em Itaocara não há disputas entre grupos, mas sim cooperação, o que faz com que grupos relativamente independentes acabem se auxiliando quando há escassez de drogas”, destaca um dos trechos da denúncia encaminhada à Vara Única de Itaocara.

Os denunciados por tráfico de drogas, segundo o MPRJ, atuam em três grupos: o primeiro é responsável pelo comércio ilegal de entorpecentes na região; o segundo utiliza os recursos do tráfico para armazenar ilegalmente armas e praticar roubos em cidades vizinhas, enquanto o terceiro trafica drogas em um motel do município.

A operação do MPRJ, realizada com o apoio da 135ª DP (Itaocara) e do 36º BPM (Santo Antônio de Pádua), foi batizada com o nome “Casa de Papel” pelo fato de um dos principais integrantes do bando ser conhecido como “Professor”, utilizando a foto do personagem homônimo da famosa série de TV em seu perfil de WhatsApp.  

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

9 de março de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!