Search
Close this search box.
CPI dos Eventos da Câmara de Cabo Frio não preocupa a prefeita Magdala Furtado, mas a possibilidade de impeachment está tirando o seu sono. Entenda:

CPI VEM AI

CPI dos Eventos da Câmara de Cabo Frio não preocupa a prefeita Magdala Furtado, mas a possibilidade de impeachment está tirando o seu sono. Entenda:

Segundo a oposição, essas contratações não foram computadas no Portal da Transparência da Prefeitura.

Por Luiz Claudio Junior

2 de fevereiro de 2024

Compartilhar no WhatsApp
A base oposicionista da Câmara conseguiu as assinaturas necessárias para abrir a CPI

CABO FRIO – Após o carnaval, a Câmara Municipal de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, vai promover uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Eventos para averiguar a transparência das contratações de estruturas usadas nas festas promovidas pelo poder executivo da cidade. Segundo a oposição, essas contratações não foram computadas no Portal da Transparência da Prefeitura. A base oposicionista da Câmara conseguiu as assinaturas necessárias para abrir a CPI, que promete investigar tudo sobre a Expo realizada na Fazenda Campos Novos, o aniversário do município e pequenas inaugurações que tiveram componentes de um evento.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

A Casa Legislativa cabo-friense realizou nessa última quinta-feira (01), o 1° Período Legislativo de 2024, marcando o início dos trabalhos legislativos após o recesso parlamentar. A CPI foi o grande assunto desse retorno. De acordo com fontes ligadas ao governo da prefeita Magdala Furtado, ela está tranquila quanto à implantação dessa CPI dos Eventos, mas preocupada com a possibilidade do seu impeachment entrar em pauta e ser votado pelos vereadores. A prefeita perdeu a maioria dos parlamentares do apoio governista na Casa.

A justiça já pediu para o presidente Miguel Alencar se justificar judicialmente do porquê o pedido de impeachment da chefe do executivo de Cabo Frio, impetrado pelo ativista político Dirlei Pereira, ainda não foi colocado em discussão plenária. Esse movimento judiciário estaria tirando o sono de Magdala, porque a prefeita está vendo sua força dentro da Câmara diminuindo a cada dia, por conta de divergências com antigos aliados.

O certo é que essa temporada da Câmara promete ser emocionante, com direito a choro de emoção e lágrimas de tristeza. Aguardemos o desenrolar dos fatos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Editora do Portal Rlagos Notícias

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Luiz Claudio Junior

2 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!