Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Prefeitura de Magé contrata empresa de alimentos por R$1 milhão para fornecer papel A4 para secretaria de Educação; empresa é investigada pelo Ministério Público 

Prefeitura de Magé contrata empresa de alimentos por R$1 milhão para fornecer papel A4 para secretaria de Educação; empresa é investigada pelo Ministério Público 

Por Rlagos Notícias

2 de agosto de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Investigação em Andamento: A JCRRJ, empresa sob inquérito do Ministério Público por irregularidades, ganha contrato de quase R$1 milhão para fornecimento de papel A4 à Secretaria de Educação de Magé

A Prefeitura de Magé, num movimento que levanta questões, contratou a JCRRJ, uma empresa especializada no comércio varejista de alimentos, para fornecer folhas de papel A4 à Secretaria de Educação. O contrato, que custa quase R$1 milhão, foi concedido a uma empresa que, segundo dados da Receita Federal, opera primordialmente no setor de alimentos.

Renan Pereira Lopes, proprietário da JCRRJ, é amigo do vereador Igor Fabiano, que faz parte da base política do prefeito da cidade, Renato Cozzolino. A empresa JCRRJ está atualmente sob investigação do Ministério Público por suspeitas de irregularidades em um contrato com a prefeitura vizinha de Guapimirim.

Apesar de várias tentativas de contato com Lopes por equipes do RJ2, ninguém conseguiu encontrá-lo ou a qualquer responsável pela empresa. A sede da empresa foi visitada quatro vezes, mas ninguém foi encontrado, e um funcionário, mesmo vestindo o uniforme da empresa, negou trabalhar lá.

Nas últimas décadas, a JCRRJ ganhou várias licitações da Prefeitura de Magé, a maioria para fornecer água mineral para as secretarias da prefeitura. Desde que começou a prestar serviços para a Prefeitura de Magé em janeiro do ano passado, a empresa já recebeu mais de R$ 1 milhão.

Renan Pereira Lopes, dono da JCRRJ, é ex-funcionário da Câmara dos Vereadores de Magé e trabalhou como assessor do vereador Igor Fabiano, do PSDB. Ele foi exonerado do cargo em janeiro de 2021. Além de serem colegas de trabalho, Renan e o vereador Igor Fabiano são amigos, como evidenciado por fotos e mensagens compartilhadas nas redes sociais.

Apesar do alto valor dos contratos com a Prefeitura de Magé, o paradeiro do proprietário da empresa permanece desconhecido. Vários endereços e números de telefone fornecidos não levaram a Renan Pereira Lopes.

A investigação do Ministério Público, aberta em março, apura irregularidades da empresa em um contrato de aquisição de materiais e uniformes escolares com a prefeitura de Guapimirim. O andamento das investigações em Guapimirim ainda não foi divulgado pelo Ministério Público.

Em resposta às perguntas da reportagem, a Prefeitura de Magé alegou que todas as empresas que participam das licitações apresentam os documentos exigidos por lei. Afirmou ainda que a JCRRJ de fato entregou mais de 1300 caixas, cada uma contendo 10 pacotes de papel. O vereador Igor Fabiano sustenta que não tem mais ligação profissional com o dono da JCRRJ desde que ele deixou o seu gabinete, e que manteve apenas uma relação amigável desde então.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

2 de agosto de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!