Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Suspeito de assaltos e crimes sexuais é preso em Magé, na Baixada Fluminense

Suspeito de assaltos e crimes sexuais é preso em Magé, na Baixada Fluminense

Por Rlagos Notícias

4 de abril de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Suspeito ( de bermuda e camisa azul) é levado para delegacia por um policial reprodução

Policiais da 66ªDP (Piabetá) prenderam, neste domingo, Urias Silva Caldas, de 27 anos. Dono de uma ficha criminal que lista uma série de delitos, ele é suspeito de assaltar um mototaxista. Além disso, foi reconhecido por duas mulheres que sofreram ataques sexuais. As vítimas de estupro e tentativa de estupro foram atacadas com um intervalo de 22 dias, em Magé, na Baixada Fluminense. O homem foi detido na cidade vizinha de Duque de Caxias. Urias estava com a prisão preventiva decretada pela Justiça por conta de um crime de roubo. Ele vai ser submetido a uma audiência de custódia, nas próximas 48 horas.

Na ocasião, um juiz vai confirmar ou não a validade da prisão. Só no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro há pelo menos sete processos onde Urias figura como réu, parte deles por roubo. Uma das vítimas que sofreu uma tentativa de estupro, no último dia 23, reconheceu o preso como o autor do fato. Um parente da mulher usou as redes sociais para pedir justiça. “”Ele estava no quintal esperando ela sair, deu uma paulada na cabeça dela e tentou fazer o ato sexual, só não fez por que ela gritou e lutou com ele, acordando os vizinhos” escreveu o familiar. Em outro ataque, ocorrido no dia 1º de março, a vítima era conhecida de Urias. Ela estava indo trabalhar em uma motocicleta quando o homem pediu uma carona. A mulher parou o veículo e foi rendida com uma faca. Levada para um matagal, ela foi estuprada. Os dois casos ainda estão sendo investigados pela 66ªDP.

Urias foi preso por policiais da 66ªDP — Foto: reprodução
Urias foi preso por policiais da 66ªDP — Foto: reprodução

O roubo que originou o mandado de prisão, expedido em nome do suspeito, aconteceu em outubro último, em Piabetá. De acordo com a polícia, Urias pediu uma corrida de mototáxi, e no meio do caminho, rendeu o mototaxista com uma arma. Em seguida, roubou dinheiro e celular. Ao ser preso, neste domingo, o suspeito negou os ataques sexuais, mas admitiu ter cometido o assalto praticado contra o homem que pilotava uma motocicleta. De acordo com a 66ªDP, Urias tem passagens por crimes de roubo, furto e receptação Um dos assaltos em que o suspeito se envolveu ocorreu, em 2015, no bairro de Santa Dalila, em Magé. Na ocasião, ele e outros dois homens invadiram uma casa e renderam cinco pessoas que foram trancadas no imóvel. O trio fugiu com um carro e R$ 50.

Urias ( de bermuda) ao chegar na delegacia levado por um policial — Foto: Reprodução
Urias ( de bermuda) ao chegar na delegacia levado por um policial — Foto: Reprodução

—Se trata de um criminoso de alta periculosidade. Deste lapso temporal que ele ficou foragido da justiça, Urias é apontado em dois delitos no mínimo, um sendo de roubo e estupro, ocorrido no começo de 2023, e mais recentemente foi reconhecido em outro deito de estupro. Por tal periculosidade, Urias vinha causando um grande temor na população local — disse o delegado Tiago Venturini, da 66ªDP.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook ,

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

4 de abril de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!