Search
Close this search box.
Homem arranca língua da esposa em São Gonçalo e foge para cidade de Maricá

LÍNGUA DA MORTE

Homem arranca língua da esposa em São Gonçalo e foge para cidade de Maricá

Autor do Ato Violento Foragido Pode Estar Refugiado em Itaipuaçu, Aumentando a Preocupação da Vítima e de Sua Família

Por Rlagos Noticias

10 de março de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Segundo relatos de populares o acusado teria fugido para a cidade maricaense, onde estaria escondido

MARICÁ – Em um episódio chocante de violência doméstica que abalou a comunidade de Rio do Ouro, bairro de São Gonçalo um homem é acusado de arrancar a língua de sua ex-companheira após uma discussão no dia 04 de março. O suspeito, que está foragido desde o incidente, pode estar escondido no distrito de Itaipuaçu, em Maricá, aumentando a ansiedade e o temor da vítima e de sua família.

O ataque ocorreu em um momento de intensa briga entre o casal, quando o homem, numa solicitação perturbadora, pediu um beijo à ex-companheira. No entanto, o gesto rapidamente se transformou em um ato de violência extrema, com o acusado mordendo e arrancando um pedaço significativo da língua da mulher.

Após o ataque, a vítima procurou imediatamente a Delegacia de São Gonçalo (75ª DP) para relatar o ocorrido. Ela foi prontamente encaminhada para realizar exame de corpo de delito, fundamental para a documentação das lesões e subsequente processo judicial. Contudo, o suspeito do ataque desapareceu logo após o crime, iniciando uma busca intensa pela polícia.

Relatos de moradores locais sugerem que o agressor fugiu para a cidade de Maricá, onde estaria se ocultando para evitar a captura. A possibilidade de que o ex-companheiro possa tentar agredir a mulher novamente ou cometer atos ainda mais graves tem deixado a vítima e sua família em estado de constante alerta e medo.

Este caso destaca a urgência de uma resposta rápida e eficaz das autoridades para proteger as vítimas de violência doméstica e garantir que os perpetradores sejam trazidos à justiça. A violência contra mulheres é um problema grave e persistente que requer atenção e ação contínuas por parte de toda a sociedade.

A comunidade local e as autoridades estão mobilizadas na busca pelo suspeito, esperando que sua captura possa trazer um senso de justiça à vítima e impedir futuros atos de violência. Enquanto isso, a mulher vítima deste ataque brutal luta para se recuperar física e emocionalmente, apoiada por sua família e pela solidariedade da comunidade.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

10 de março de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!