Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Polícia prende médico e falso anestesista em clínica de estética irregular em Nova Iguaçu

Polícia prende médico e falso anestesista em clínica de estética irregular em Nova Iguaçu

Por Rlagos Noticias

22 de novembro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Local onde eram realizados os procedimentos estéticos na clínica Reprodução

Nova Iguaçu – Policiais da Delegacia do Consumidor (Decon) efetuaram, nesta terça-feira (21), a prisão em flagrante do médico peruano Jaime Javier Garcia Caro, de 44 anos, e do peruano Jean Paul Perez Barraza, de 29 anos, que se passava por anestesista, em uma clínica de estética irregular situada em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A operação resultou na interdição do estabelecimento, que funcionava sem licença sanitária e realizava procedimentos estéticos de alta complexidade.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

A ação contou com a participação de fiscais do Conselho Regional de Odontologia (CRO) e da Vigilância Sanitária de Nova Iguaçu (Suvisa), visando coibir atividades clandestinas e proteger a saúde dos pacientes.

Ao chegarem à clínica, os agentes flagraram a dupla iniciando uma cirurgia de lipoaspiração em uma paciente de 29 anos, que já havia sido sedada por Jean Paul. Diante da chegada dos policiais, o falso anestesista tentou deixar a sala, retirando o jaleco onde estava bordado seu nome e a suposta especialidade de anestesiologista, mas foi detido pela polícia.

Segundo as investigações, Jean Paul não possui registro no Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj).

Em uma sala vizinha, os policiais encontraram uma segunda paciente, de 44 anos, que havia se submetido a uma lipoaspiração com a dupla e repousava sob os efeitos do anestésico. Ambas as pacientes reconheceram Jean Paul como o anestesista responsável pelos procedimentos.

A clínica, denominada Iguaçu Plásticas Day, realizava procedimentos como mamoplastia e mastopexia, mas não dispunha de estrutura adequada para lidar com eventuais complicações, como desfibrilador, equipamentos de UTI e ambulância.

Como medida de precaução, uma ambulância do Samu foi solicitada para levar a paciente que estava na mesa de cirurgia até a emergência do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), onde passaria por avaliação médica.

Enquanto os policiais estavam na clínica, uma terceira mulher, que havia realizado uma lipoaspiração dias antes, compareceu ao local queixando-se de fortes dores e apresentando inflamação nos pontos cirúrgicos.

A clínica encontrava-se em condições deploráveis, em meio a reformas, e não atendia a padrões mínimos de higiene e segurança para os pacientes. Durante a operação, foram encontrados medicamentos e anestésicos armazenados em geladeiras junto a alimentos e bebidas destinados ao consumo dos funcionários.

A ação policial foi desencadeada com base no monitoramento de perfis que oferecem procedimentos estéticos complexos a preços populares nas redes sociais. Ao identificar inconsistências em um desses anúncios, os agentes iniciaram uma investigação preliminar que revelou o histórico problemático do endereço, que já havia sido alvo de uma operação no ano anterior, resultando em sua interdição devido à falta de condições adequadas.

Jaime Javier e Jean Paul foram presos em flagrante e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça. A operação ressalta a importância da fiscalização rigorosa das atividades de saúde e estética para garantir a segurança e o bem-estar dos pacientes.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

22 de novembro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!