VÍDEO! Policia Civil da 107ª DP, juntamente com a PM prende homem acusado de matar vizinho em Paraíba do Sul.

Leonardo Luis Neto da Conceição foi encontrado nesta quarta-feira em Posse, distrito de Petrópolis (RJ). Crime aconteceu em Sardoal, uma área rural de Paraíba do Sul, no último domingo.

115

PARAÍBA DO SUL – Um homem acusado de matar um vizinho em Paraíba do Sul (RJ) foi preso na tarde desta quarta-feira (8). Contra ele havia um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, com base no inquérito apresentado pela delegacia.

Leonardo Luis Neto da Conceição, de 39 anos, apontado como o assassino de José Gonçalves, de 63 anos, foi encontrado em Posse, distrito de Petrópolis (RJ), na região Serrana. Informações de que ele estava se escondendo na casa de familiares levaram policiais civis de Paraíba do Sul ao município.

Na residência, os agentes conversaram com um morador, que permitiu a entrada da polícia e negou a presença de Leonardo no imóvel. Após buscas, ele foi encontrado debaixo da cama.

Segundo a Polícia Civil, o homem estava se escondendo em uma área de mata nos últimos dias, mas resolveu ir para casa da família nesta quarta.

Ao ser preso, Leonardo contou que tinha escondido a arma utilizada no assassinato em uma área próxima ao local do crime. Assim que chegaram em Paraíba do Sul, os agentes foram até lá e apreenderam uma espingarda calibre 36 e 14 munições.

Espingarda utilizada no crime foi apreendida pela Polícia Civil — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Espingarda utilizada no crime foi apreendida pela Polícia Civil — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O homem foi levado para a delegacia de Paraíba do Sul para prestar depoimento e, em seguida, transferido para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ).

Relembre o crime

O assassinato aconteceu no último domingo (5) em Sardoal, uma área rural de Paraíba do Sul.

Segundo as investigações, os dois se desentenderam no momento em que a vítima tentou ajudar Leonardo, que estava alcoolizado, e ouviu dele um xingamento.

A briga continuou e a vítima, que se sentiu desrespeitada, chegou a pegar uma foice para se defender, mas acabou sendo baleada por Leonardo e morreu na hora.

Um dia antes de prender o homem, na terça-feira (7), a Polícia Civil de Paraíba do Sul divulgou um cartaz para procurá-lo.