Search
Close this search box.
Deputada Estadual Lucinha entrega defesa ao Conselho de Ética da Alerj

Deputada Estadual Lucinha entrega defesa ao Conselho de Ética da Alerj

Decisão sobre Cassação de Mandato Pode Sair em Outubro

Por Rlagos Noticias

17 de maio de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Deputada Estadual Lucinha do PSD é sequestrada no Rio dois dias após anúncio de Operação Conjunta do Governador Cláudio Castro com o governo federal contra o crime na cidade.

Rio – A deputada Lucinha (PSD) entregou na tarde desta sexta-feira (17) sua defesa por escrito ao Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), cumprindo o prazo final que seria no sábado (18). A próxima reunião ordinária do Conselho de Ética está agendada para a próxima quinta-feira (23), às 13h.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

Com a recepção da defesa, o conselho tem 60 dias úteis, prorrogáveis por mais 60, para tomar uma decisão que pode resultar na cassação do mandato da deputada. O deputado Vinícius Cozzolino (União Brasil) é o relator do caso.

Se aprovado, o texto será submetido à análise no plenário da Alerj. Considerando todos os prazos a serem cumpridos, a decisão final sobre a cassação ou não da deputada pode ser anunciada apenas em outubro.

Lucinha é alvo de um inquérito que investiga seu possível envolvimento com a milícia que atua na Zona Oeste do Rio. A deputada foi um dos alvos da Operação Batismo, realizada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em dezembro do ano passado.

Aos 63 anos, Lucinha é apontada como o braço político da milícia liderada por Luiz Antônio da Silva Braga, conhecido como Zinho, e era chamada de “madrinha” pelos criminosos. Zinho foi preso no dia 24 de dezembro de 2023. O grupo paramilitar atua em pelo menos 13 bairros do Rio, majoritariamente na Zona Oeste.

Após a operação, a parlamentar foi afastada de seu mandato na Alerj por determinação da Justiça, mas a decisão foi derrubada pelos colegas deputados. Em abril deste ano, a Polícia Federal indiciou a deputada por suspeita de envolvimento com a milícia e enviou a conclusão das investigações à Assembleia Legislativa do Rio. O inquérito permanece sigiloso.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

17 de maio de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!