Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
URGENTE: Ativista político e ex-candidato a vereador, Ramon Durães, é assassinado a tiros em Queimados; Polícia Civil investiga a possibilidade de crime político, dadas as frequentes críticas de Durães à atual administração

URGENTE: Ativista político e ex-candidato a vereador, Ramon Durães, é assassinado a tiros em Queimados; Polícia Civil investiga a possibilidade de crime político, dadas as frequentes críticas de Durães à atual administração

Por Rlagos Notícias

1 de agosto de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Além de empresário, Ramon era uma figura política conhecida na região. Nas Eleições de 2020, concorreu ao cargo de vereador pelo PSDB, obtendo 43 votos

QUEIMADOS – Na tarde desta terça-feira (1º), a cidade de Queimados, localizada na Baixada Fluminense, foi palco de um episódio violento que custou a vida de Ramon Henrique Durães Lima, 40 anos. Ramon era proprietário de um depósito de bebidas e foi brutalmente assassinado por atiradores que chegaram ao local em uma motocicleta.

Além de empresário, Ramon era uma figura política conhecida na região. Nas Eleições de 2020, concorreu ao cargo de vereador pelo PSDB, obtendo 43 votos e ficando na posição de suplente. Durães também possuía experiência política anterior como ex-assessor do agora deputado federal Max Lemos, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Ramon Durães, conhecido por suas críticas à gestão atual, foi morto a tiros em seu depósito de bebidas, reforçando o clima de insegurança na região da Baixada Fluminense.

Conforme apurações realizadas pelo Portal Rlagos Notícias, Ramon se destacava por sua atuação como ativista político e por suas duras críticas à administração do atual prefeito de Queimados, Glauco Barbosa Hoffman Kaizer, mais conhecido como Glauco Kaizer.

No momento, não foi possível confirmar se Ramon recebia ameaças por conta de suas atividades políticas. A família do ativista, quando procurada pela nossa equipe de reportagem, não se manifestou sobre o assunto.

Durães também possuía experiência política anterior como ex-assessor do agora deputado federal Max Lemos,

As circunstâncias do crime, que ocorreu na Rua Camilo Cristofano, no bairro Fanchen, são agora objeto de investigação pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Uma das linhas de investigação considera a possibilidade de que a execução de Ramon esteja relacionada a sua atividade política e suas críticas à gestão atual da prefeitura de Queimados.

No local do crime, policiais militares do 24ºBPM (Queimados) isolaram a área para que a perícia pudesse realizar seu trabalho. As investigações prosseguirão em busca de esclarecimentos e justiça para a morte prematura de Ramon Durães.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook , Instagram , Twitter
e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

1 de agosto de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!