Search
Close this search box.
Escândalo no DETRAN: Marginais exploram brecha no sistema para lucrar com agendamento de identidades no Estado do Rio

o golpe do detran

Escândalo no DETRAN: Marginais exploram brecha no sistema para lucrar com agendamento de identidades no Estado do Rio

Fraude em agendamento: Como criminosos se aproveitam de um simples processo para cometer estelionato

Por Rlagos Noticias

5 de abril de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Para agendar um horário, o sistema apenas solicita nome e data de nascimento, sem outras verificações de autenticidade

RIO – Sentado diante do computador, o cidadão comum tenta, sem sucesso, agendar uma vaga no site do DETRAN para emitir uma carteira de identidade. Essa frustração se tornou comum devido a um esquema fraudulento descoberto recentemente. Um grupo de criminosos identificou uma vulnerabilidade no sistema de agendamento do órgão, causando enorme prejuízo aos cidadãos e ao próprio DETRAN. A denúcia foi apresentada pela Jornalista Ana Paula Mendes.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

Para agendar um horário, o sistema apenas solicita nome e data de nascimento, sem outras verificações de autenticidade. Os golpistas exploram essa falha, criando reservas fictícias com informações aleatórias, bloqueando meses de agenda. Isso impede o acesso legítimo dos cidadãos às vagas necessárias para a emissão do RG, especialmente nas regiões mais afetadas, como os lagos, terra, norte e noroeste do estado.

A perversidade da fraude não para por aí. As vagas monopolizadas pelos criminosos são vendidas por até R$ 50 cada, transformando um serviço gratuito em fonte de lucro ilegal. Os anúncios dessas vendas proliferam em redes sociais e WhatsApp, evidenciando a audácia e a falta de temor dos envolvidos em face da lei.

O esquema inclui ainda uma etapa noturna, onde os fraudadores cancelam uma reserva falsa para liberar a vaga ao comprador, após o pagamento. Esse processo não só representa um estelionato claro, como ainda sobrecarrega os cidadãos com a tarifa do Detran, conhecida como Duda, custando R$ 51,18, apesar da primeira identidade ser gratuita por direito.

Leia também

A situação é ainda mais grave quando os estelionatários prometem, mediante pagamento, a isenção da tarifa do Duda, elevando o esquema a múltiplos níveis de fraude. Este cenário configura um claro ato de estelionato, definido juridicamente pelo aproveitamento de fraude para obter vantagens e causar prejuízos a terceiros.

A denúncia é um chamado às autoridades, incluindo o Ministério Público e a polícia, para intensificar a vigilância e a repressão contra tais crimes. É fundamental que o DETRAN revise e fortaleça seus procedimentos de agendamento para prevenir futuras fraudes. A sociedade não pode permanecer refém de criminosos que, aproveitando-se das brechas no sistema, praticam essas ilegalidades com impunidade.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

5 de abril de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!