Search
Close this search box.
Ayla, de 4 anos, que ficou soterrada por 15 horas na tragédia de Petrópolis, recebe alta do hospital

um milagre na serra

Ayla, de 4 anos, que ficou soterrada por 15 horas na tragédia de Petrópolis, recebe alta do hospital

Pequena Ayla de 4 anos é resgatada após 15 horas sob escombros e recebe alta hospitalar

Por Rlagos Noticias

25 de março de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Ayla, de 4 anos, que ficou soterrada por 15 horas na tragédia de Petrópolis, recebe alta do hospital - Foto: Reprodução

PETRÓPOLIS – Em um evento marcante na cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, Ayla, uma corajosa menina de apenas 4 anos, se tornou um símbolo de esperança e resiliência após ser resgatada dos escombros de sua casa, que desmoronou durante uma violenta tempestade. Após passar 15 horas soterrada, a menina foi encontrada viva em um ato de puro milagre, levando às lágrimas as equipes de resgate que trabalhavam no local. Este emocionante salvamento aconteceu no contexto de uma tragédia maior que atingiu Petrópolis, onde muitas vidas foram perdidas, incluindo a do pai, da mãe, e do irmão de Ayla, em um desabamento causado pelas fortes chuvas.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

Douglas José de Souza, de 29 anos, pai de Ayla, desempenhou um papel heroico ao usar seu próprio corpo como escudo para proteger sua filha dos escombros, um gesto de amor paternal que infelizmente custou sua vida, mas garantiu a sobrevivência de sua filha. O avô de Ayla, Roberto, emocionado, destacou a bravura de seu filho durante as horas críticas que antecederam o resgate de sua neta, refletindo sobre a profunda dor da perda enquanto celebrava a vida que foi salva.

A história de Ayla capturou os corações de todo o Brasil, com vídeos do seu resgate sendo amplamente compartilhados nas redes sociais, incluindo postagens do governador do Estado do Rio, Claudio Castro, que reconheceu o ato de heroísmo e a alegria do resgate bem-sucedido.

Após o resgate, Ayla foi levada ao hospital, onde permaneceu sob cuidados médicos por dois dias. Na manhã desta segunda-feira (25), ela recebeu alta, para a alegria de sua família e de todos que acompanharam sua história. Seu avô a descreveu como tendo “nascido de novo”, um testemunho do espírito indomável da jovem sobrevivente.

Este trágico incidente ocorreu no contexto de um desabamento de um prédio de três andares no bairro Dependência, que também vitimou outras pessoas. Ayla foi a quinta pessoa a ser resgatada viva do local, um fato que reitera a importância das operações de resgate e a esperança que elas podem trazer mesmo nas circunstâncias mais desoladoras.

A recuperação de Ayla e sua história de sobrevivência são um lembrete pungente da força do espírito humano e da capacidade de superação diante das adversidades. Enquanto Petrópolis e as famílias afetadas pela tragédia começam o processo de cura, a história de Ayla permanecerá como um farol de esperança e resiliência.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

25 de março de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!