Search
Close this search box.
‘Gabaritamos!’: Presidente de honra da Viradouro vibra ao levantar taça na quadra em Niterói

carnaval 2024

‘Gabaritamos!’: Presidente de honra da Viradouro vibra ao levantar taça na quadra em Niterói

Marcelo Calil, ao lado de seu filho Marcelinho Calil, presidente da agremiação, agradeceu à comunidade pelo apoio e dedicação que foram fundamentais para a conquista do título

Por Rlagos Noticias

14 de fevereiro de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Diretoria da Viradouro levanta taça em quadra lotada em Niterói Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

RIO – Em uma noite repleta de emoções e comemorações, a Unidos do Viradouro, uma das mais tradicionais escolas de samba do Rio de Janeiro, celebrou seu tricampeonato no Carnaval 2024. A festa, que ocorreu na quadra da escola em Niterói, Região Metropolitana, viu Marcelo Calil, presidente de honra, e a diretoria serem calorosamente recebidos pela torcida, que não poupou os gritos de “Tricampeão!”.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

Marcelo Calil, ao lado de seu filho Marcelinho Calil, presidente da agremiação, agradeceu à comunidade pelo apoio e dedicação que foram fundamentais para a conquista do título. Rememorando o carnaval de 2023, quando a Viradouro ficou em segundo lugar, perdendo por apenas um décimo para a Imperatriz Leopoldinense, Marcelo destacou o esforço coletivo para superar as adversidades: “Com muita satisfação que a gente agradece essa comunidade. Sem vocês nada disso seria possível. Nos últimos ensaios estávamos com um décimo engasgado e vocês nos deram sete décimos. Um carnaval que a gente gabaritou, isso mostra que essa escola é muito forte e nos solidificamos em um grupo seleto”, afirmou.

A trajetória da Viradouro até o topo do carnaval carioca é marcada por resiliência e superação. “Essa diretoria pegou a escola afundada, pegamos dois títulos. Eu queria ganhar três títulos em 10 anos e nós conseguimos”, disse Marcelo, ressaltando os feitos da gestão.

Marcelinho Calil também fez questão de destacar a importância da comunidade nesse sucesso: “O maior mérito que temos é que nós não temos estrelas. A única estrela que nós temos é da Viradouro”. Essa declaração reforça a visão de que o coletivo prevalece sobre individualidades na construção dos triunfos da escola.

Com o enredo “Arroboboi, Dangbé”, a Viradouro não apenas emocionou o público, mas também conquistou nota máxima em todos os quesitos, alcançando 270 pontos. O tema, desenvolvido pelo carnavalesco Tarcísio Zanon, explorou a rica ancestralidade africana e brasileira através do culto ao vodum serpente, transmitindo uma poderosa mensagem em defesa da liberdade de culto e do respeito mútuo entre as religiões.

A apresentação impecável da Vermelha e Branca, que encerrou o segundo dia de desfiles do Grupo Especial no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, reafirmou o status da Viradouro como uma das grandes potências do carnaval carioca, capaz de unir tradição, inovação e uma profunda conexão com suas raízes culturais.

O terceiro título da agremiação, somado aos conquistados em 1997 e 2020, não é apenas uma vitória para a Viradouro, mas uma celebração da cultura brasileira e da capacidade de expressão artística e social que o carnaval representa.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

14 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!