Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
Operação Dark Room: Polícia Civil do Rio Apreende Adolescentes Acusados de Estupro Virtual e Indução ao Suicídio

Operação Dark Room: Polícia Civil do Rio Apreende Adolescentes Acusados de Estupro Virtual e Indução ao Suicídio

Por Rlagos Notícias

27 de junho de 2023

Compartilhar no WhatsApp

Na manhã desta terça-feira (27), a Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou a Operação Dark Room, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão contra dois adolescentes, de 14 e 17 anos, acusados de estupro virtual, além de incitar automutilação e suicídio de crianças e jovens na plataforma Discord. Durante a ação, o adolescente de 17 anos, apontado como um dos líderes do grupo, foi apreendido em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste.

A Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) informou que a plataforma Discord, concebida originalmente para a comunidade gamer, acabou sendo utilizada para outros fins por jovens e adolescentes, reunindo-se em grupos conhecidos como “servidores”. Três desses servidores, utilizados por um grupo de jovens de diversas regiões do país, eram palco de atos violentos contra animais e adolescentes, além de propagarem pedofilia, zoofilia, racismo, nazismo e misoginia.

As investigações revelaram a existência de vídeos onde animais eram mutilados e sacrificados como parte de desafios impostos pelos líderes do grupo. Além disso, adolescentes eram coagidas a se tornarem escravas sexuais dos líderes, cometendo estupros virtuais transmitidos ao vivo. Durante as sessões, as vítimas eram insultadas, humilhadas e forçadas a se automutilar.

As vítimas eram selecionadas no próprio Discord, em perfis de redes sociais ou até mesmo indicadas por integrantes do grupo. Utilizando engenharia social e pesquisas em sites de bancos de dados e consultas de crédito, os líderes obtinham informações pessoais das vítimas e iniciavam chantagens, ameaçando divulgar fotos comprometedoras ou enviá-las para os pais das vítimas.

As investigações começaram em março deste ano, em cooperação com a Polícia Federal e delegacias de vários estados. Desde abril, mais de 10 pessoas foram presas ou apreendidas, acusadas de associação criminosa, indução ao suicídio e estupro. A plataforma Discord ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

27 de junho de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!