Search
Close this search box.
Operação Lei Seca terá drones, motopatrulhas e equipes volantes durante a folia na Região dos Lagos, Serrana, Sul Fluminense e Capital

lei seca na folia

Operação Lei Seca terá drones, motopatrulhas e equipes volantes durante a folia na Região dos Lagos, Serrana, Sul Fluminense e Capital

Agentes farão testes de alcoolemia nos motoristas de carros alegóricos do Sambódromo e haverá reforço nos municípios das regiões dos Lagos, Serrana e capital

Por Rlagos Noticias

8 de fevereiro de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Serão 12 horas de operação diárias, que começam no final da tarde e se estendem até o final da madrugada Magno Segllia/Gov Rj

Rio – A operação especial da Lei Seca para o Carnaval  de 2024, lançada nesta quinta-feira (08), dessa vez, contará com o apoio de drones, motopatrulhas e equipes volantes para evitar acidentes. Ao todo, a fiscalização contará com 100 agentes atuando diariamente. Os drones estão vigiando estradas, acessos às praias e saídas dos principais blocos que vão desfilar no Rio. Serão 12 horas de operação diárias, que começam no final da tarde e se estendem até o final da madrugada.

Além das ações de fiscalização, a Lei Seca estará no Sambódromo durante os desfiles das escolas de samba dos grupos Ouro e Especial. Os agentes farão o teste de alcoolemia em todos os motoristas dos carros alegóricos na concentração, antes do início dos desfiles. Já as equipes de educação levarão uma campanha de conscientização aos foliões na Avenida Marquês de Sapucaí.

Todas as regiões do Estado do Rio terão operações de fiscalização, mas a atenção especial ficará com as Regiões dos Lagos e Norte, além do município do Rio de Janeiro. Estes são os locais de maior concentração dos motoristas no período.

O apoio dos drones não será o único reforço na fiscalização. Estão planejadas operações com a participação das motopatrulhas e equipes volantes para evitar os motoristas que tentam escapar da fiscalização por rotas alternativas.

Educação nos blocos e na Sapucaí

Além da atuação dos policiais nas operações, os agentes PCDs da Lei Seca estarão nas ruas conscientizando motoristas. Serão oito equipes diárias atuando nos blocos e nos desfiles da Avenida Marquês de Sapucaí. Os agentes PCDs são colaboradores que foram vítimas de acidentes de trânsito.

Na Sapucaí, os agentes da educação levarão este ano uma ação lúdica, para os foliões participarem de uma ‘testagem de bafômetro’. A ideia é desmistificar o etilômetro e mostrar que o trabalho da Lei Seca não visa punir, mas evitar acidentes e mortes no trânsito.

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

8 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!