Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
PF encontra ‘estrutura permanente’ para tráfico de drogas durante operação no Porto de Itaguaí

PF encontra ‘estrutura permanente’ para tráfico de drogas durante operação no Porto de Itaguaí

Por Rlagos Noticias

14 de novembro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Agentes saíram para cumprir um mandado de prisão e dois de busca e apreensão Reprodução

Nesta terça-feira (14), a Polícia Federal (PF) executou a Operação Nephelos, um esforço significativo para erradicar o tráfico internacional de drogas e o comércio ilegal de armas de fogo a partir do Porto de Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A operação decorre de uma investigação detalhada que revelou a existência de uma estrutura permanente utilizada pelo grupo criminoso para enviar entorpecentes a países da Europa e da África.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

As autoridades conseguiram identificar e interromper essas operações ilícitas, que incluíam não apenas o tráfico de drogas, mas também a comercialização ilegal de armas. Como parte desta operação abrangente, a Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão preventiva e 25 mandados de busca e apreensão. Essas ordens judiciais foram expedidas pela 4ª Vara Federal do Rio de Janeiro e executadas em diversos municípios, incluindo Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, São João de Meriti, Itaguaí, Itaboraí, Angra dos Reis, e até em Santos, São Paulo.

Um passo crucial na luta contra essa organização criminosa foi o bloqueio de bens no valor de R$ 3,15 milhões. Esta medida visa a descapitalização patrimonial do grupo, enfraquecendo suas operações e infraestrutura financeira. Esta decisão da Justiça reflete a seriedade com que as autoridades estão tratando o caso.

A investigação teve origem com a apreensão de 342 kg de cocaína no Porto de Itaguaí em abril de 2021. A droga estava escondida em toras de madeira dentro de um contêiner destinado à Europa. A estrutura permanente montada pela organização criminosa incluía mecanismos sofisticados para burlar as fiscalizações portuária e aduaneira.

Além do tráfico de drogas e armas, a quadrilha está sendo investigada por crimes adicionais, como corrupção de menores e lavagem de dinheiro. Este último era realizado por meio da aquisição de bens como veículos, cavalos, lanchas e imóveis. Os envolvidos nos crimes enfrentam penas severas, que podem variar de 17 a mais de 45 anos de reclusão, refletindo a gravidade de suas ações.

A Operação Nephelos é um exemplo claro do compromisso da Polícia Federal com a segurança pública e a erradicação do crime organizado. Esta ação representa um golpe significativo contra as redes criminosas que ameaçam a segurança e o bem-estar da sociedade.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

14 de novembro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!