Search
Close this search box.
Polícia identifica suspeitos de participar do tiroteio que matou dois inocentes na Linha Amarela no Rio

NA LINHA AMARELA

Polícia identifica suspeitos de participar do tiroteio que matou dois inocentes na Linha Amarela no Rio

Criminosos estão foragidos; vítimas foram sepultadas nesta quarta-feira (19)

Por Rlagos Noticias

20 de junho de 2024

Compartilhar no WhatsApp
Ricardo dos Santos Ferreira (à esquerda) e Carlos Henrique Ferreira (à direita) Reprodução

Rio – A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) identificou os dois suspeitos de roubarem uma moto na Avenida Novo Rio, no acesso à Linha Amarela, nesta terça-feira (19). Na ação, um policial militar tentou impedir o ato e um tiroteio teve início no local. Dois inocentes morreram baleados e uma pessoa ficou ferida. 

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

Ricardo dos Santos Ferreira, vulgo ‘Diretor’ ou ‘BU’, e Carlos Henrique Ferreira de Brito, vulgo ‘Coroa’, já são considerados foragidos. Alexsandro de Andrade Venâncio, de 24 anos, acusado de participar do crime, ficou ferido e foi preso em flagrante. Outro criminoso acusado de participar do crime ainda não foi identificado.

Ao ser questionado sobre o crime, Alexsandro contou que estava na companhia de outros três criminosos conhecidos como MD, Coroa e Diretor. Um deles seria morador da comunidade do Arará, em Benfica, também na Zona Norte do Rio.

Segundo as investigações, os criminosos estavam em um automóvel e abordaram um casal que trafegava em uma motocicleta. Um policial militar presenciou a tentativa de roubo e reagiu, disparando contra um dos criminosos, que foi atingido. Ele foi socorrido a um hospital da região. O homem estava com uma pistola, que foi apreendida, junto com outra arma que estava com um comparsa e ficou no local.

Segundo a Polícia Civil, na fuga, os outros três criminosos efetuaram disparos contra o agente, inclusive de fuzil. Os tiros foram em direção a um ponto de ônibus, onde estava Deborah Vilas Boas Pires da Silva, ela foi atingida e não resistiu. José Carlos da Silva Miranda estava dentro de um ônibus, e também foi atingido, vindo a óbito.

Os agentes tentam localizar os criminosos e solicitam que qualquer informação do paradeiro dos autores seja fornecida diretamente à unidade ou por meio do Disque Denúncia, o anonimato é garantido.

Vítimas são sepultadas

Deborah Vilas Boas, 27 anos, e José Carlos da Silva Miranda, de 64 - Reprodução
Deborah Vilas Boas, 27 anos, e José Carlos da Silva Miranda, de 64Reprodução

Nesta quarta-feira (19), os corpos de Deborah Vilas Boas, 27 anos, e José Carlos da Silva Miranda, de 64 anos, foram sepultados. Amigos e familiares da mulher se reuniram no Cemitério Vertical Memorial Rio, em Cordovil, na Zona Norte. Enquanto os do montador de esquadrias de alumínio deram o último adeus no Cemitério de Bongaba, em Magé, na Baixada Fluminense.

A família de Deborah contou que a jovem tinha voltado da licença-maternidade há cerca de duas semanas, e que sua filha, de apenas sete meses, já chora ao sentir falta da mãe. 

“Ela era uma mãe daquelas que vivia 24 horas com a filha, fazendo aniversário todo mês. Ela era alegria em pessoa, estava sempre sorrindo e tiraram essa alegria da gente. Ela tinha acabado de se formar, na empresa ela tinha uma carreira, já estava 10 anos lá, profissional muito dedicada e tudo isso foi embora. Ela não estava mais amamentando, mas a bebêzinha, apesar de ter apenas sete meses, já chora e olha como se tivesse procurando a mãe que estava sempre presente, porque tempo todo elas estavam juntas, e isso tudo foi por água abaixo”, lamentou.

Conhecido como Mirandão, familiares de José Carlos contaram que ele acordava de madrugada todos os dias para ir ao trabalho. O homem gostava de jogar futebol e foi assim que conquistou o carinho e a amizade de outras pessoas.

“Grande ser humano. Amigo de todos. Tive o prazer e o privilégio de jogar com ele e me ajudou muito no meu posicionamento dentro de campo. Descanse em paz, meu amigo Mirandão. Vai fazer muita falta meu ‘cumpade’, como você gostava de chamar seus amigos”, lamentou o amigo João Dias.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook Instagram , Twitter
 e Threads

Veja mais notícias sobre "Tragédia na linha amarela":

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

20 de junho de 2024

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!