Search
Close this search box.
Search
Close this search box.
URGENTE: PM dono de arma apreendida com miliciano Faustão é preso na Região Serrana do Rio

URGENTE: PM dono de arma apreendida com miliciano Faustão é preso na Região Serrana do Rio

Por Rlagos Noticias

24 de outubro de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Bruno Bento do Nascimento está preso administrativamente Reprodução

RIO – Um novo capítulo na luta contra a criminalidade foi revelado após a morte do miliciano Matheus da Silva Rezende, conhecido como Faustão, em uma operação policial em Santa Cruz, nesta segunda-feira (23). A arma apreendida com Faustão foi identificada como sendo registrada em nome do sargento Bruno Bento do Nascimento, um oficial atuante no Batalhão de Choque (BPChq). A revelação deste vínculo levanta questões alarmantes sobre possíveis conexões entre membros da força policial e organizações criminosas.

🔔 O Rlagos Rio agora está no Canal do WhatsApp: Clique aqui para seguir o novo canal do Rlagos Notícias no WhatsApp

De acordo com informações fornecidas pela Polícia Militar, o sargento Bruno foi detido administrativamente em consequência dessas descobertas. A situação está sob intensa investigação tanto pela Corregedoria-Geral quanto pela 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar. Em uma tentativa possivelmente evasiva, horas após a notícia da morte de Faustão, o sargento Nascimento registrou o extravio de sua pistola na delegacia de Teresópolis, localizada na Região Serrana do Rio.

O desfecho trágico envolvendo Faustão não se limitou à sua morte. Seu falecimento desencadeou uma série de ataques de natureza terrorista em diversos coletivos na Zona Oeste do Rio. O saldo desses ataques inclui a destruição de 35 ônibus e um trem, ações que aterrorizaram a população e causaram enorme prejuízo.

Matheus, além de ser sobrinho de Luís Antônio da Silva Braga, mais conhecido como “Zinho”, era considerado uma peça-chave na milícia chefiada por seu tio. Ele era o responsável por gerenciar os armamentos utilizados pelos criminosos. A investigação também aponta que Faustão desempenhava um papel crucial como intermediário entre o tráfico e a milícia, agindo como uma espécie de elo entre esses dois mundos do submundo do crime.

Veja mais: Com 35 ônibus e um trem queimados, prejuízo no Rio chega a R$ 35 mi

Este episódio reitera a complexidade e os desafios que as autoridades enfrentam ao combater a criminalidade no Rio de Janeiro. A revelação da conexão entre um miliciano de alta patente e um membro da Polícia Militar ressalta a necessidade de uma investigação profunda e ações concretas para erradicar a corrupção e garantir a segurança da população.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook , Instagram , Twitter
e Threads

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Noticias

24 de outubro de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!