Search
Close this search box.
Operação da PM, P2, BPRv e polícia civil realizam buscas na Região dos Lagos para prender traficantes da Usina, acusados de matar Cabo da PM e o primo em Saquarema.

Operação da PM, P2, BPRv e polícia civil realizam buscas na Região dos Lagos para prender traficantes da Usina, acusados de matar Cabo da PM e o primo em Saquarema.

Por Rlagos Notícias

3 de junho de 2023

Compartilhar no WhatsApp
Marcas de tiros no carro do PM, veículo era blindado, criminosos atiraram de dentro pra fora - Imagens: Agência Rlagos Notícias

SAQUAREMA – Uma megaoperação da polícia militar juntamente com a P2, polícias do BPRv e a polícia Civil, está sendo realizada na manhã e tarde desse sábado (03), para prender os autores do crime contra o Cabo da PM e seu primo, mortos durante a tarde de sexta (02), em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio.

A operação, que está sendo comandada pelo delegado titular Dr André Luiz Salvador Bueno e o Tenente do 25ª BPM de Saquarema Genilson, estão em buscas dos criminosos Vulgos Piloto e Marcinho.

Os policiais chegaram a irem na casa de Marcinho durante a manhã de sábado (03), mas ele não foi localizado, no entanto, os policiais encontraram drogas na residência, a mãe dele que estava no local foi levada para delegacia para prestar esclarecimentos, a residência fica na localidade da Usina.

Veja também: Cobra cascavel é encontrada com carga de cocaína e maconha na cidade de Três Rios; Veja o vídeo:

Os policiais estão fazendo uma varredura na localidade de Vilatur, Ipitangas, Usinas, Rodovia Amaral Peixoto, entre outras áreas de mata da cidade.

Marcinho e Piloto são líderes do tráfico de drogas de Saquarema, e são acusados de sequestrar o Cabo da PM Hamilton Mello Junior e seu primo Robson, de dentro de uma barbearia durante a tarde de sexta, os policiais foram executados dentro do carro no porta – mala, após os criminosos descobrirem que eles queriam implantar uma milicia na localidade e acabar com o tráfico.

Segundo a polícia, a motivação do crime deram inícios a um caso de envolvimento com a milícia, após o Comando Vermelho descobrir que o Cabo da PM, Júnior, estava morando na Região para montar uma milícia na localidade de Saquarema, os traficantes tomaram ciências dos fatos e começaram a armar a execução dos dois.

As investigações dão conta de que o Cabo da PM, Júnior, estava implantando uma milícia na localidade de Saquarema, o que chegou ao conhecimento do tráfico de drogas e acabou resultando na sua execução.

Carro em que estava o corpo do ex-PM André Amaro, em Guaratiba Foto: Reprodução

Em 2019, o irmão do Cabo da PM, foi executado dentro do carro na localidade de Guaratiba, Zona Oeste do Rio, em Campo Grande, o ex-PM André Amaro Mello, era chefe de uma milícia na localidade, em 2013, o ex-PM, que na ocasião ainda era cabo da Polícia Militar, foi um dos alvos de uma operação contra milicianos da Zona Oeste feita pela Delegacia de Repressões às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco-IE). Na época, Amaro era um dos responsáveis por cobrar taxas de segurança entre comerciantes e moradores de Guaratiba; os valores variavam entre R$30 e R$100 mensais para lojas e R$10 e R$20 para casas.

O sequestro começou por volta das 14h e terminou na Estrada Latino Melo, próximo a um Hotel Fazenda que fica em uma estrada de chão próximo da Via Lagos. A PM chegou a localizar o carro na rodovia e ainda trocou tiros com os marginais, mas horas depois os perderam de vista.

Os corpos foram encontrados pelos policiais do 25ª BPM, no porta-mala do carro do PM, com as mãos e os pés amarrados. Os criminosos pretendiam levar eles vivos para torturarem eles dentro da mata, mas após tomarem ciência de que a polícia militar estava em buscas, eles resolveram terminar o serviço em uma estrada de Saquarema, o carro do policial era blindado.

Polícia encontrou corpos de PM e irmão dentro do carro no bairro Palmital, em Saquarema — Foto: Redes sociais
Polícia encontrou corpos de PM e irmão dentro do carro no bairro Palmital, em Saquarema — Foto: Redes sociais

Os corpos foram levados para o IML de Cabo Frio, onde familiares estão no local aguardando a liberação do corpo, o caso foi registrado na 124ª DP de Saquarema e segue em investigação.

📲 Confira as últimas notícias do Rlagos Notícias
📲 Acompanhe o Rlagos no Facebook , Instagram e Twitter

Compartilhar no WhatsApp

Por Rlagos Notícias

3 de junho de 2023

Search
Close this search box.

Faça parte do maior grupo exclusivo de noticias da região!

Nosso grupo te da acesso exclusivo as noticias mais quentes e recentes do momento sobre tudo que buscar!